image-3062

A reforma da Previdência proposta pelo governo Bolsonaro encontra-se no Senado para votação em dois turnos.

Nesta terça-feira, 13, em todas as regiões do país, os trabalhadores sairão às ruas para dizer não à reforma. Em Porto Alegre, a concentração será na Esquina Democrática, às 18h.

Antes, às 16h, em frente ao Palácio Piratini, trabalhadores e estudantes estarão juntos com os servidores estaduais num ato público contra o atraso no pagamento e o congelamento de salários. São 44 meses com pagamentos atrasados ou parcelados.