Reunidos em assembleia na tarde desta terça-feira, 13, os metroviários do Rio Grande do Sul aprovaram, por unanimidade, uma ajuda de subsistência aos seis colegas arbitrariamente afastados pela direção da Trensurb na greve geral realizada em junho deste ano.

A ajuda visa amenizar uma injustiça cometida pela empresa que, num ato político, julgou e condenou os colegas sem ao menos abrir um procedimento interno para apuração dos fatos. Em tempos de discurso de ódio, a aprovação do auxílio demonstra toda a força, unidade e solidariedade da categoria metroviária.

A assembleia também aprovou a realização de uma campanha com materiais específicos em defesa da reintegração imediata dos colegas e denunciando as arbitrariedades cometidas pela atual gestão da Trensurb.

image-3065

image-3066

image-3067