SINDICATO SE REÚNE COM COLEGAS DA MANUTENÇÃO NOTURNA

A direção do Sindimetrô/RS e a assessoria jurídica Britto & Lemmertz se reuniram na noite de terça-feira, 16, com colegas metroviários da manutenção noturna. O encontro serviu para tirar dúvidas sobre a reforma da Previdência, mostrando o quanto ela será prejudicial aos trabalhadores e às trabalhadoras em caso de aprovação pelo Congresso Nacional.

“A única forma de barrarmos essa reforma, que é extremamente nefasta, é com o povo na rua”, destacou o presidente do sindicato Luis Henrique Chagas.

O encontro também abriu espaço para que a diretoria do Sindimetrô/RS prestasse esclarecimentos em relação ao Acordo Coletivo 19/20 e ao debate sobre o desejo do governo Bolsonaro de privatizar empresas públicas de transportes, entre elas, a Trensurb.

Chagas aproveitou para conclamar os colegas para a Assembleia Geral da Campanha Salarial, que será realizada no próximo dia 24, às 12h30min, no pátio da empresa. “Nos últimos anos, a preservação de direitos foram garantidos com muita pressão. Portanto, é necessário que essa mobilização se repita agora em 2019”, concluiu o presidente.

image-2899

image-2900

NOVA LICITAÇÃO DO PLANO DE SAÚDE PREOCUPA OS METROVIÁRIOS E METROVIÁRIAS

A direção do Sindimetrô/RS reuniu-se na manhã desta terça-feira, 16, com a administração da Trensurb para obter esclarecimentos sobre a licitação em andamento do plano de saúde dos trabalhadores e trabalhadoras da empresa. Por solicitação do sindicato, novo encontro ficou encaminhado, desta vez com a presença da Unimed.

O Sindimetrô/RS manifestou preocupação com os últimos reajustes, que foram muito acima da recomposição salarial da categoria. O sindicato defende a manutenção de um plano de saúde de qualidade e com valores acessíveis a todos os metroviários e metroviárias.

image-2896

Foto: Wellington/Trensurb

SINDIMETRÔ/RS: 33 ANOS DE LUTA EM DEFESA DA CATEGORIA!

O Sindimetrô/RS completa, nesta terça-feira, 09, 33 anos de luta em defesa da categoria. Fundado em 1986, o sindicato é referência nacional enquanto entidade representativa dos trabalhadores e trabalhadoras, respeitado sobretudo pela capacidade de organização e mobilização.

Foram muitas as lutas travadas ao longo deste período para manter e ampliar importantes conquistas da categoria.

Hoje, os principais desafios colocados aos metroviários a às metroviárias são manter a Trensurb como empresa pública, prestadora de um serviço de qualidade, e derrotar a reforma da Previdência que impedirá, se aprovada, a aposentadoria dos trabalhadores e das trabalhadoras.

Parabéns a todos e todas que ajudaram a construir este sindicato de luta!

Ataques do governo à organização dos trabalhadores é destaque no jornal do sindicato

Circula a partir desta sexta-feira, 05, a edição 141 do Jornal do Sindimetrô/RS, que destaca os ataques do governo Bolsonaro à organização dos trabalhadores, numa clara tentativa de enfraquecer a luta contra a reforma da Previdência e as privatizações.

O informativo também traz informações sobre a proposta de reforma do sistema previdenciário e a entrega da pauta de reivindicações da Campanha Salarial Unificada dos metroviários e metroviárias.

Confira abaixo:

ABAIXO-ASSINADO PELO ARQUIVAMENTO DA PROPOSTA DE REFORMA DA PREVIDÊNCIA

Como parte do calendário de ações contra a reforma da Previdência, as centrais sindicais lançaram nesta quarta-feira, 03, em todo o país, um abaixo-assinado que reivindica da Câmara dos Deputados o arquivamento da Proposta de Emenda Constitucional 06/2019, que ataca as aposentadorias e os direitos previdenciários dos trabalhadores. Em Porto Alegre, o lançamento foi realizado ao meio-dia, no largo Glênio Peres.

Nesta quinta-feira, 04, das 10h às 16h, as centrais estarão novamente no largo para um mutirão de assinaturas. O Sindimetrô/RS está presente nas atividades. Na sexta-feira, 05, junto com a distribuição do jornal do sindicato, os metroviários percorrerão os setores de trabalho para que os colegas possam assinar o documento.

image-2885

image-2886

image-2887

ABERTO O PROCESSO DE NEGOCIAÇÃO DA CAMPANHA SALARIAL 2019/2020

A primeira reunião de negociação da Campanha Salarial 2019/2020 dos(as) metroviários(as) foi realizada na manhã desta quarta-feira (27). Ficou definida uma agenda, com encontros semanais, sempre às quartas-feiras. O governo colocou o dia 31 de maio como limite para o fechamento do acordo. Veja a ata da primeira reunião CLICANDO AQUI.