MPF E SINDIMETRÔ INGRESSARÃO COM AÇÃO CIVIL PÚBLICA CONTRA A PRIVATIZAÇÃO DA TRENSURB

MPF E SINDIMETRÔ INGRESSARÃO COM AÇÃO CIVIL PÚBLICA CONTRA A PRIVATIZAÇÃO DA TRENSURB

image-3433

O Sindimetrô/RS esteve no Ministério Público Federal (MPF) de Novo Hamburgo para denunciar a privatização da Trensurb.

Na reunião, ocorrida na tarde desta segunda-feira (02), o sindicato denunciou as ilegalidades e inconstitucionalidades do processo de desestatização da empresa sem a autorização do Poder Legislativo e sem observar as regras previstas na Lei 8693/93, que autoriza a União Federal a repassar as ações da empresa para o Estado do Rio Grande do Sul e o Município de Porto Alegre.

No encontro, definiu-se pelo estudo de ingresso de ação jurídica por parte do MPF, através do Procurador Celso Tres, questionando o modelo de privatização aplicado pelo Governo Federal.

TRENSURB FAZ PROPOSTA DE RENOVAÇÃO DO ACORDO DE ESCALAS POR UM ANO

TRENSURB FAZ PROPOSTA DE RENOVAÇÃO DO ACORDO DE ESCALAS POR UM ANO

Na manhã desta sexta (29), o Sindimetrô e o Sintec reuniram-se com a presidência da Trensurb para assinar o Termo de Prorrogação do Acordo de Escalas pelo período de 10 dias, a contar de 30 de novembro de 2019.

No encontro, a empresa apresentou a proposta de renovação do atual Acordo, sem alterações, por mais 1 ano. Na próxima semana, o sindicato chamará assembleia para deliberar com a categoria.

image-3429

GRANDE EXPEDIENTE EM CANOAS

GRANDE EXPEDIENTE EM CANOAS

Na tarde desta quinta-feira (21) a Câmara Municipal de Canoas, por intermédio do vereador Emilio Neto (PT), concedeu espaço para manifestação do Sindimetrô RS antes do grande expediente legislativo do dia.

Representando os metroviários, o diretor jurídico Henrique Frozza falou na tribuna sobre os enormes retrocessos que o governo federal planeja para o futuro da Trensurb e de dezenas de outras empresas públicas: “Se formos ver os números do suposto prejuízo da Trensurb, na verdade o governo economiza. Com menos acidentes, menos estradas para construir, menos carros nas ruas, menos poluição ao meio ambiente.”, disse.

Emílio Neto, em sua fala, enfatizou o aumento do valor da tarifa para quase o dobro dos atuais R$ 4,20 caso a empresa seja entregue ao capital privado. Ele também pediu aos colegas apoio unânime à moção de repúdio contra a privatização da Trensurb e pela reativação da frente parlamentar em favor de um metrô público.

Ao final, o presidente da sessão Vereador Marcus Vinicius – Quinho, deixou aberta as portas da câmara para o Sindimetrô RS se manifestar aos canoenses nos próximos passos deste famigerado processo de privatização.

O Sindicato dos Metroviários agradece aos vereadores de Canoas pelo espaço cedido durante a sessão e pelo apoio dado à nossa luta por um transporte eficaz, pontual, limpo, pro povo e do povo.

#ATrensurbÉdoPovoGaúcho

Para assistir à sessão completa clique no link: https://youtu.be/Akej9q_l-2I

image-3401
image-3402
image-3403
image-3404
image-3405
Fotos: Aline Cruz/CMC
Sindimetrô/RS participará de Grande Expediente na Câmara Municipal de Canoas

Sindimetrô/RS participará de Grande Expediente na Câmara Municipal de Canoas

Nesta quinta (21), o Sindimetrô/RS estará dialogando com a população na Câmara Municipal de Canoas. O evento acontece a partir das 17h e 15min.

O Grande Expediente, proposto pelo Vereador Emílio Neto (PT), terá como tema a privatização da Trensurb.

O sindicato convida toda a categoria e os(as) usuários(as) a participarem de mais essa atividade do nosso calendário de luta em defesa do trem público.