Falta de entendimento empurra julgamento do Dissídio Coletivo 2017/2018 para o dia 12 de março

Começou na tarde desta segunda-feira, 26, na Seção de Dissídios Coletivos (SDC) do Tribunal Regional do Trabalho (TRT4), o julgamento do Dissídio 2017/2018 da categoria. Sem acordo entre os desembargadores quanto ao índice de correção salarial a ser aplicado, o julgamento será retomado no dia 12 de março.

A posição do Desembargador e relator Luis A. Vargas foi pela aplicação do IPCA-E (4,08%) sobre todas as cláusulas financeiras do Acordo Coletivo. No entanto, a Desembargadora Denise Pacheco, divergindo do relator, se manifestou pela aplicação do INPC (3,95%).

Diante da falta de acordo, o presidente da SDC, Desembargador Ricardo Fraga, suspendeu a sessão para que haja um entendimento quanto ao índice a ser aplicado pelo Tribunal.

Definidas Comissões para Eleição de Representantes Sindicais e Negociação do Acordo Coletivo 2018/2019

Em assembleias realizadas no dia 20 deste mês, na sede do sindicato, foram definidas as comissões para o processo que definirá os representantes sindicais e para negociação do acordo coletivo 2018/2019.

A comissão de negociação se soma à direção do sindicato na discussão das reivindicações da Campanha Salarial da categoria com a administração da Trensurb. Confira, abaixo, os nomes eleitos.

Comissão Eleitoral
Fabricio Bischoff – SEOPE
Pércio Oyarzabal da Silva – SEOPE
Robson Marcos Galli – SEOPE
Alexandre Silveira Garcia – SEOPE
Danilo Borges Ribeiro – SEOPE
Marcos Oliveira da Costa – SEOPE

Comissão de Negociação
Diana Ferreira Quevedo da Rosa – ADMINISTRAÇÃO
Ana Paula Gomes Caxeiro – SEEST
Eraldo Francisco Selveira – SEGUR
Mario José de Oliveira Dias – SETRA
Alessandro Pinto Batista – MANUTENÇÃO

Metroviários definem pauta de reivindicações

image-2230

Reunidos em assembleia na tarde desta terça-feira, 20, os metroviários do Rio Grande do Sul definiram e aprovaram a pauta de reivindicações que será entregue e discutida com a direção da Trensurb. A categoria reivindica uma reposição salarial de 25,34%, índice que corrige perdas acumuladas.

Em assembleia específica, também realizada nesta terça-feira, foi referendado o calendário para eleição de representantes sindicais. As inscrições, individuais e por setor, poderão ser feitas até o dia 7 de março, na secretaria do sindicato, com a eleição ocorrendo entre os dias 19 e 23 de março.

 

 

Metroviários do RS participam de protesto contra a reforma da previdência

Trabalhadores e trabalhadoras de diversas categorias protestaram na manhã desta segunda-feira, 19, no centro de Porto Alegre. Metroviários ligados ao Sindimetrô/RS participaram do ato desta manhã.

O dia de lutas contra a reforma, na capital gaúcha, começou cedo. Por volta das 7h, manifestantes se concentraram no entorno da estação rodoviária. O protesto continuou com uma caminhada pela avenida Mauá, seguida de um ato público em frente ao prédio do INSS.

Em nome da CSP-Conlutas, Érico Corrêa saudou a unidade criada em torno da luta contra a reforma da previdência. Superando e preservando diferenças, as centrais sindicais estão trabalhando ombro a ombro para barrar os ataques aos trabalhadores praticados pela governo Temer.

Uma nova manifestação será realizada a partir das 17h, com concentração na Esquina Democrática.

image-2219

image-2220

image-2221

Panfletagem contra a reforma da previdência e o aumento da passagem do trem

image-2213

Integrantes da direção do Sindimetrô/RS, junto com militantes da Construção Socialista (CS), realizaram panfletagem contra a reforma da previdência e o aumento da passagem do trem metropolitano. Um leque denunciando a reforma e o aumento foi entregue aos foliões no bairro Cidade Baixa, em Porto Alegre, na tarde deste sábado, 17.
#ForaTemer