Para aqueles que ainda duvidavam, o governo Bolsonaro confirmou na terça-feira, 03, a inclusão da Trensurb na lista de privatizações do Programa Nacional de Desestatização.

Publicado no Diário Oficial da União, o Decreto presidencial nº 9.998 marca o começo da contagem regressiva para a venda da empresa. Esse alerta vem sendo feito há tempos pela direção do Sindimetrô/RS.

Na lista de entrega do patrimônio público para a iniciativa privada ainda constam CBTU, Serpro, Correios, DataPrev, Ceitec, entre outras.

A privatização significa aumento na tarifa, trens lotados e mais acidentes. No entanto, ainda há tempo de lutar contra mais esse retrocesso. Não deixaremos chegar no fim da linha! A Trensurb é do povo gaúcho!

image-3101