Ferroviários franceses entram em greve contra a reforma trabalhista do governo Macron | SindimetrôRS