Em assembleia realizada na tarde desta segunda-feira 13, os metroviários do Rio Grande do Sul decidiram como participar das manifestações do próximo dia 15, Dia Nacional de Paralisações e Lutas Contra a Reforma da Previdência e a Reforma Trabalhista.
A mobilização da categoria começa com a distribuição aos usuários do trem metropolitano de uma cartilha sobre a Reforma da Previdência. Em seguida, será entregue a pauta de reivindicações da categoria à direção da Trensurb.
O dia ainda terá a distribuição de uma carta aberta aos usuários, na estação Mercado, em Porto Alegre. A mobilização será encerrada com a participação da categoria numa manifestação na Esquina Democrática, no centro da capital gaúcha.

image-1721

image-1722