Metroviários ligados ao Sindimetrô/RS realizaram na manhã desta sexta-feira, dia 25, um ato de protesto contra a falta de segurança nas estações e nos trens da Trensurb.  A manifestação consistiu na liberação dos bloqueios da estação por cerca de 30 minutos e na distribuição de uma carta aos usuários denunciando a situação.

O protesto teve como motivação o aumento do número de assaltos nas dependências da empresa e dentro dos trens. Além dos assaltos, os funcionários têm sido vítimas de agressões e os usuários, de arrastões.

Para suprir a precária falta de segurança, o Sindimetrô/RS exige a imediata convocação de seguranças concursados e a realização de novos concursos. Já com relação a segurança externa, o sindicato cobra ações do poder público, uma vez que nas imediações das estações o policiamento é praticamente zero.

Enquanto os assaltos aumentam de forma assustadora, a Trensurb não esboça nenhuma ação para impedir essa prática dentro das suas dependências, menos ainda para preservar a vida dos funcionários e de quem utiliza o trem para deslocados diários.

O Sindimetrô/RS agradece a presença dos diretores do sindicato e dos funcionários que participaram da manifestação desta sexta-feira.

ato_so_250915_01
image-1141

ato_so_250915_02
image-1142

ato_so_250915_03
image-1143

ato_so_250915_04
image-1144

ato_so_250915_05
image-1145

Acompanhe a cobertura do ato na mídia:
http://www.jornalnh.com.br/_conteudo/2015/09/noticias/regiao/221536-metroviarios-liberam-catracas-e-pedem-seguranca-na-estacao-sao-leopoldo.html