Um ato público em defesa da justiça do trabalho e dos direitos sociais reuniu centenas de trabalhadores no início da tarde desta segunda-feira, 21, em frente à sede da Justiça do Trabalho em Porto Alegre. Os metroviários se somaram a outras categorias no protesto.

O ato contou com a participação de diversas entidades representativas de trabalhadores visando a construção de uma agenda de luta unitária contra a retirada de direitos por governos e patrões.

O dia de protestos reuniu trabalhadores em diversas cidades do país. São atividades importantes para a retomada da resistência contra os ataques praticados – ou anunciados – pelo governo Bolsonaro.

image-2736

image-2737

image-2738