Uma manifestação em defesa da educação e contra a reforma da Previdência reuniu, no final início da noite de terça-feira, 13, em Porto Alegre, estudantes e trabalhadores. Protestos ocorreram em todo o país. Na capital gaúcha, a mobilização começou com um ato público na Esquina Democrática, seguido de uma caminhada até o Campus Centro da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). O Sindimetrô/RS participou da atividade.

As falas durante o ato condenaram os ataques à educação, principalmente o corte de verbas das instituições federais, e a reforma da Previdência. O protesto deixou claro que a educação no Brasil não será tratada como mercadoria, e que trabalhadores e estudantes não aceitarão retrocessos no sistema educacional e nos direitos. Seguiremos nas ruas até derrotar esses projetos do governo Bolsonaro.

image-3070

image-3071

image-3072