O presidente do Sindimetrô/RS e a Deputada Federal Fernanda Melchionna estiveram, nesta manhã, no Tribunal de Contas da União (TCU), em Brasília, para protocolar o processo que visa barrar o edital de contratação da empresa que irá realizar o estudo para a privatização da Trensurb. Essa é mais uma das ações que o sindicato vem desenvolvendo na luta pela manutenção da Trensurb estatal.

Metrô privado significa tarifa mais cara, mais lotação e menos segurança para usuários e funcionários.

Defenda o trem público! A Trensurb é do povo gaúcho!

image-3379

image-3380