EDITAL DE CONVOCAÇÃO – REUNIÃO DO CONSELHO DIRETIVO DO SINDIMETRÔ/RS

EDITAL DE CONVOCAÇÃO

REUNIÃO DO CONSELHO DIRETIVO DO SINDIMETRÔ/RS

O presidente do Sindimetrô/RS, conforme disposições estatutárias, convoca REUNIÃO DO CONSELHO DIRETIVO da entidade, a ser realizada no dia 28 de setembro de 2022, às 14:00h, na Sede do Sindicato, situada na R. Monsenhor Felipe Diehl, número 48, com a seguinte pauta:

  1. CBTU BH
  2. Eleições gerais
  3. Eleição do conselho fiscal.

 

Porto Alegre,23de setembro de 2022.

Luís Henrique Chagas
Presidente

 

 

ALMOÇO REÚNE CATEGORIA NO SINDIMETRÔ RS

ALMOÇO REÚNE CATEGORIA NO SINDIMETRÔ RS

Hoje, 16, a categoria metroviária se reuniu para o tradicional almoço em comemoração à semana farroupilha. O evento movimentou a sede do sindicato e trouxe metroviários e metroviárias de todos os setores.
Para Diana , diretora da secretaria das mulheres,
eventos como esse fortalecem o vínculo da categoria, em que a troca ideias acontece de uma forma mais leve.

Para Chagas, presidente do sindicato, o evento superou as expectativas. “A presença de trabalhadores de todos os setores, inclusive aposentsdos, é reconhecimento da nossa gestão”, disse.

O almoço contou ainda com a presença da deputada estadual e candidata do PSOL à Assembleia Legislativa Luciana Genro, parceira incansável em defesa da Trensurb pública.

 

 

HÁ 5 ANOS, SINDIMETRÔ RS FEZ GREVE CONTRA A PL 4302/98

HÁ 5 ANOS, SINDIMETRÔ RS FEZ GREVE CONTRA A PL 4302/98

A LEI DAS TERCEIRIZAÇÕES SÓ TROUXE PRECARIZAÇÃO AO TRABALHO

Em 2017, o projeto foi aprovado e abriu as portas para a precarização. A mudança na legislação trabalhista tornou legal que as empresas terceirizem todas as suas atividades, como as bilheterias da Trensurb, por exemplo. Desde lá, a informalidade, a desvalorização dos salários e o desmonte de diversos setores do serviço público aumentaram. O projeto de lei antecipou mudanças da reforma trabalhista do governo Michel Temer de forma mais ampla. O Sindimetrô RS se posicionou contra o projeto de lei e se juntou aos protestos em defesa dos trabalhadores, paralisando os serviços na Trensurb.

A regulamentação da terceirização sem limites aumentou a informalidade do trabalho, e ao contrário do que quem defendia a reforma, não gerou mais empregos. A onda de desemprego e trabalhadores autônomos não para de aumentar no país. Trabalhar por conta própria vem sendo a alternativa para muita gente que perdeu o emprego e não conseguiu se recolocar no mercado. Um reflexo disso é o número de trabalhadores informais no Brasil, que ultrapassa os 25 milhões sem nenhum direito social, como previdência, 13º ou férias. Este é o maior índice em 10 anos, segundo o IBGE.

Seguimos defendendo melhores condições de trabalho para brasileiros e brasileiras. Metroviário tem memória e cobramos não só que essa reforma seja revertida, mas que haja avanços. precisamos de mais investimentos públicos para geração de emprego e renda. Daí a importância de elegermos uma bancada de deputados que seja a favor dos direitos dos trabalhadores. São eles que irão decidir sobre temas importantes que definem o nosso futuro, como essa PL.

 

EPISÓDIO NOVO DO PODCAST DISCUTE PROPOSTAS DE PRESIDENCIÁVEIS PARA O TRANSPORTE NO BRASIL

EPISÓDIO NOVO DO PODCAST DISCUTE PROPOSTAS DE PRESIDENCIÁVEIS PARA O TRANSPORTE NO BRASIL

As eleições de 2022 estão chegando e você já sabe as propostas dos candidatos à presidência da República para o setor de transporte público? Neste episódio, o Fora da Linha – o podcast do Sindimetrô RS analisa os planos de governo de Lula, Bolsonaro, Ciro e Tebet.

Ficha técnica:
Produção, apresentação e edição: Fernanda Nascimento
Revisão e realização: Comunicação do Sindicato dos Metroviários do Rio Grande do Sul
Trilha: Fight to tunisia (Causmic) e Would It kill You (Mini Vandals)

Ouça pelo Spotify: https://spoti.fi/3LePlOc