image-5299

image-5300

As atividades do Sindimetrô RS começaram cedo nesta manhã, 05. Em Sapucaia do Sul, o café da manhã com o usuário começou às 6h da manhã. Com material sobre o aumento dos preços dos alimentos, trabalhadores e estudantes foram recepcionados pela diretoria do sindicato para conversar sobre o contexto político, o caos e a miséria que o governo Bolsonaro vai deixar de legado.

A crise que a pandemia trouxe foi alavancada pelas medidas de austeridade, cortes de verbas e falta de investimento no combate à pobreza e à fome no Brasil por parte do governo federal. A iniciativa do Sindimetrô RS é parte da mobilização permanente para dialogar com quem utiliza a Trensurb todos os dias para se locomover pela região metropolitana de Porto Alegre. Seguimos em defesa dos serviços públicos de qualidade, contra as privatizações e repetindo: Bolsonaro nunca mais!

Mais tarde, a categoria metroviária se reuniu para a Assembleia Geral Extraordinária no saguão do prédio administrativo da Trensurb. Durante a reunião, foi aberto o processo eleitoral para o Conselho Fiscal, com a eleição da comissão eleitoral encarregada por organizar o pleito que irá eleger os membros que irão assumir o mandato de 2022 a 2025. A categoria recepcionou e aprovou a indicação da metroviária Tassiana como nova diretora do Sindimetrô RS.

image-5301

image-5302