JORNAL DO SINDIMETRÔ/RS Nº150

JORNAL DO SINDIMETRÔ/RS Nº150

Nesta edição nº 150, o Jornal do Sindimetrô aborda a posição dos candidatos às prefeituras de Porto Alegre e cidades metropolitanas sobre a privatização da Trensurb.

Veja também: o processo democrático que elegeu a nova gestão do sindicato, acordo de escalas e a reintegração dos colegas afastados. Também um informe financeiro da entidade.

Acompanhe CLICANDO AQUI!

Boa leitura!

UMA GRANDE VITÓRIA DA CATEGORIA!! COLEGAS AFASTADOS SÃO REINTEGRADOS

UMA GRANDE VITÓRIA DA CATEGORIA!! COLEGAS AFASTADOS SÃO REINTEGRADOS

Nesta quarta-feira (25), cinco dos seis colegas afastados foram reintegrados à base dos metroviários depois de um ano e cinco meses de um injusto afastamento, após terem participado da greve geral de junho de 2019, contra a Reforma da Previdência.

Maria Silveira, Raquel, Kurkowski, Pinheiro e Lucas Viegas fizeram hoje todos os trâmites burocráticos para o retorno. Noêmia ainda aguarda a autorização judicial para também voltar ao seu posto de trabalho.

A campanha “Reintegração dos Afastados Já!” ganhou a adesão de toda a linha. De Mercado a Novo Hamburgo os colegas vestiram a camiseta e se solidarizaram, inclusive financeiramente, garantindo o subsídio por todo este período.

Os metroviários retornam com a certeza de que somente com a categoria unida é possível preservar direitos e se levantar contra as injustiças. Nenhum trabalhador deve ser punido por lutar!

#Sindimetrô
#LutaSindical
#ReintegraçãodosAfastados

DIRAF ENCAMINHA PROPOSTA DO ACORDO DE ESCALAS

DIRAF ENCAMINHA PROPOSTA DO ACORDO DE ESCALAS

A diretoria do Sindimetrô esteve reunida, na tarde de ontem, com o Diretor de Finanças, Geraldo Luís Fillipe, para tratar de diversas demandas da categoria, como a distribuição de moedas pela Proforte nas estações, a dificuldade das mães metroviárias que não têm onde deixar seus filhos com as escolas fechadas devido à pandemia e, ainda, a negociação do Acordo de Escalas, que vence no dia 09 de dezembro.

O Diretor apresentou aos metroviários o Termo de Prorrogação do Acordo Coletivo de Escalas até 30 de abril de 2021. A categoria, em breve, deverá apreciar a proposta em assembleia com data ainda a ser divulgada.

SINDIMETRÔ LEVA DEMANDA DOS METROVIÁRIOS AO DIROP

SINDIMETRÔ LEVA DEMANDA DOS METROVIÁRIOS AO DIROP

Na manhã desta segunda-feira (23), os diretores do Sindimetrô e representantes sindicais participaram de uma reunião com o Diretor de Operações, Luis Eduardo Fidell, na sede da empresa, para levar demandas dos diversos setores da Trensurb: SEGUR, SEEST, SETRA e MAN.
Os problemas relatados ao Diretor vão desde a falta de moedas nas bilheterias, passando pelas escalas e critérios das avaliações da segurança, até a precária manutenção da rede aérea e do caminhão de trilho.
A pedido do sindicato, o Diretor encaminhou com urgência a dedetização da estação São Leopoldo, que deve ser realizada na quarta (25). Também foi solicitado o mesmo para as salas do SETRA no pátio e na Estação Mercado. Ficou acertado a manutenção frequente de encontros para melhor acompanhamento das pautas atendidas e encaminhamento de outras demandas.
INFORME DA DIREÇÃO

INFORME DA DIREÇÃO


O Sindimetrô-RS informa aos metroviários que, no dia 27 de novembro, o Conselho Fiscal se reunirá, na sede dessa entidade, para a apreciação das contas de julho e agosto de 2020 e a elaboração do parecer final sobre o balanço financeiro e patrimonial referentes ao exercício de 2019. Tão logo emita o seu parecer, será marcada a Assembleia para apreciação da categoria.

Destacamos, ainda, que já foram emitidas, pelo Conselho Fiscal, quatro atas de aprovação de contas para o período mencionado e que todos os procedimentos e obrigações estão rigorosamente dentro dos prazos estabelecidos estatutariamente. Nesse sentido, a fim de instrumentalizar a categoria do que dispõe o nosso estatuto, transcrevemos abaixo o rol de artigos relacionados:

Artigo 15º – São deveres da Diretoria, entre outros:
(…)
k) prestar contas de suas atividades e do exercício financeiro ao término do mandato.
Artigo 50º – As Assembleias Gerais serão sempre convocadas:
a) pelo presidente do sindicato; b) pela maioria da diretoria; c) pela maioria dos membros que compõem o Conselho Diretivo do Sindicato. Parágrafo Único: As assembleias gerais de caráter financeiro administrativo poderão ser convocadas pelo conselho fiscal.

Esclarecidos tais fatos e, passado o período eleitoral, resta aparar todas as arestas para podermos lutar juntos contra o nosso maior inimigo: a privatização. Temos plena consciência de que qualquer tentativa de ataque a nossa entidade ou violação do nosso estatuto para fins de benefício próprio ou de um grupo isolado, nos afasta ainda mais da tão necessária união. O Sindimetrô sempre estará de portas abertas para os metroviários tanto nas questões propositivas e de luta, quanto em sua transparência e finalidade exclusiva de servir de força e resistência em prol do interesse dos trabalhadores.

Vamos lutar juntos pela manutenção da Trensurb pública!

 

SOBRE O CHAMAMENTO DE ASSEMBLEIA – INFORME DA DIREÇÃO DO SINDIMETRÔ/RS

SOBRE O CHAMAMENTO DE ASSEMBLEIA – INFORME DA DIREÇÃO DO SINDIMETRÔ/RS

O ano de 2020 tem sido marcado pela situação excepcional imposta a todos pela COVID-19 e suas consequências no âmbito das possibilidades e andamento dos trabalhos nas empresas e entidades.

De forma surpreendente e insensível a esta realidade, um grupo de pessoas notificou o Sindicato, na quinta-feira passada, de que realizará uma Assembleia informal, não deliberada pelas instâncias sindicais e sem prazo previsto no estatuto. Alegam proceder nos termos do artigo 51º, mas o contrariam, já que não indicam qual o prazo e qual o artigo que ampara suas pretensões. Pelo contrário, de forma ilegal e acelerada, tentam fazer-se de direção e criar factoide, a fim de dividir a categoria. Sabemos que tal conduta se mostra temerária, tanto do ponto de vista legal, quanto procedimental.

A razão alegada para reunir não encontra eco em nosso estatuto, uma vez que todos os procedimentos necessários à vida sindical estão consolidados e sendo realizados dentro dos prazos previstos, bem como sendo efetivados dentro das normas e possibilidades que a atual pandemia permite.

Por óbvio, o chamamento desta irregular assembleia foi motivada pelo recente processo eleitoral, eis que o grupo que a conclama é composto, em sua maioria, por integrantes e apoiadores da chapa adversa à atual gestão – aliás reeleita com ampla margem de votos – a fim de criar um clima em meio à campanha política com vistas a desestabilizar a entidade. Entendemos que nas eleições deve-se saber ganhar e perder, e a decisão da categoria precisa ser respeitada.

PARA TANTO, INFORMAMOS QUE A ASSEMBLEIA DESIGNADA PARA O DIA 17 DE NOVEMBRO, ÀS 15HS, NÃO ENCONTRA AMPARO EM NOSSO ESTATUTO, NÃO FOI CHAMADA PELA DIREÇÃO E SERÁ TORNADA SEM EFEITO QUANTO A QUALQUER DELIBERAÇÃO.

Destacamos que, tão logo seja possível proceder a reunião, chamaremos a categoria, como sempre fizemos, em Assembleia, para deliberação de toda e qualquer questão necessária ao funcionamento da entidade, nos termos do artigo 50º.

Porto Alegre, 16 de Novembro de 2020.

Direção do Sindimetrô/RS